IV Plenário é empossado no CRP19

30/09/2019 -12H17

              Em solenidade na noite de quinta-feira, 26, no auditório da Sociedade Médica de Sergipe, em Aracaju(SE),  foi empossado o IV Plenário do Conselho Regional de Psicologia, gestão 2019-2022.

               Na abertura da cerimônia, conduzida pela Comissão Regional Eleitoral, a presidente da CRE/CRP19, Josefa Irami Mendonça, fez breve relato do trabalho durante o processo eleitoral no CRP19 e enalteceu em seu discurso o trabalho voluntário, transparente e ético da equipe.

               “A Comissão Regional Eleitoral, foi constituída através da assembleia extraordinária do Conselho Regional de Psicologia com o objetivo de orientar e nortear o processo eleitoral 2019, tendo sempre como observância do Código de Ética e o Regulamento Eleitoral, Resolução nº 16 de 07 de agosto de 2018. Ciente do dever cumprido, encerramos com uma citação do filósofo Mário Sérgio Cortella que diz que a ética é a concepção dos princípios que eu escolho, moral é sua pratica”, falou.

               Antes de empossar a nova gestão, o Conselheiro Presidente do III Plenário, Claudson Rodrigues de Oliveira classificou a cerimônia como a finalização de um ciclo e elencou as realizações da gestão 2016-2019, entre elas a interiorização das ações do CRP19, articulação e fortalecimento de relações com instituições, engajamento em grandes campanhas, a exemplo do Janeiro Branco e Setembro Amarelo, o lançamento da campanha Oriente-SE que aproximou a Comissão de Orientação Fiscalização (COF) com a categoria.   “Os últimos três anos foram marcados por diversas dificuldades e desafios, mas, também, de grandes avanços para Psicologia sergipana. A chancela do Conselho Federal de Psicologia ao CRP19, como um dos três melhores Conselhos Regionais em relação à transparência da gestão, nos trouxe orgulho. Fomos ainda o primeiro CRP do Brasil a receber pagamentos de anuidade por cartão de crédito e débito e indicamos, em plenário, o desconto para recém-formados”, relatou.

               Rodrigues finalizou parabenizando a nova gestão e apontando para novos avanços. “Em nome do III Plenário, parabenizamos a nova gestão 2019-2022, e desejamos que seja dada continuidade a todo o trabalho realizado até aqui, e reiteramos a aspiração de que a Psicologia sergipana evolua, pois acima de qualquer concordância ou divergência, somos psicólogos e psicólogas e queremos ver nossa categoria firme, unida e na defesa de uma sociedade mais saudável, justa, humana e igualitária”, concluiu.

               Na sequência, foi realizada a sessão solene de posse. Assumiram como Conselheiras(os) para o IV Plenário do Conselho Regional de Psicologia da 19ª Região, para gestão 2019-2022, as(os) psicólogas (os) Daiana Santos Vieira Alves, Camila Mireli Calaça de Sá, Maria Ilda Santos de Araújo, Alexsandra Alves Pereira de Albuquerque, Elisangela de Melo Dias, Jeanne Dias da Silva Maia, Kezyane Karine Morais Araújo de Menezes, Ana Paula Rodrigues dos Santos, Naldson Melo Santos, Jameson Pereira Silva, Alberto de Jesus Orge Rocha, André Luiz Mandarino Borges, Fernando Antônio Nascimento da Silva, Pedro Henrique do Nascimento Pires, Jameson Thiago Farias Silva, Marcus Paulo Cardoso Argolo,  Edson Joao da Silva e Saulo Pereira Barros de Almeida.

               O Conselheiro Naldson Melo representou a nova gestão e, em seu primeiro discurso, agradeceu o engajamento da categoria no processo democrático de escolha dos seus representantes para o próximo triênio e falou da responsabilidade que se inicia. “Foi um processo acirrado, esclarecedor e que, por meio dele, foi permitido a todas e todos conhecer um pouco mais sobre o Sistema Conselhos de Psicologia, desde a sua função mais básica e primordial de orientar e fiscalizar a atuação dos nossos profissionais em defesa da sociedade, como também observar outras nuances dos fazeres dos conselheiros e da transparência necessária para tornar esses fazeres legítimos, éticos e políticos”,  falou.

               O novo Conselheiro afirmou que o tom da nova gestão será de ordem, união e trabalho.“Entendemos que somos os representantes de todas psicólogas e todos psicólogos, e apenas com essa interação irrestrita será possível avançar na execução das propostas discutidas em campanha. O foco é para uma gestão com responsabilidade com a coisa pública, tanto no que se refere aos gastos e a forma como as anuidades, pagas por todos nós, devem ser investidas na nossa profissão, como em relação à maneira como a autarquia federal – Conselho Regional de Psicologia da 19ª região – deve se relacionar com as outras instituições e entes da categoria”, adiantou.

               Melo finalizou conclamando a categoria para manutenção do estado de mobilização em prol da categoria e da sociedade. “Estamos vivenciando um contexto histórico bastante conturbado e deturpado, no qual o desrespeito aos direitos humanos e às instituições estão evidentes, e nós, enquanto profissionais de Psicologia e integrantes da sociedade civil organizada, precisamos ser resistência, sempre!”, finalizou.

 

Fotos: Acrísio Siqueira