CFP promove diálogo sobre avaliação psicológica como instrumento de proteção social

interno crp.PNG

 

O Conselho Federal de Psicologia (CFP) realiza amanhã, quinta-feira (19), a live Avaliação Psicológica em Defesa da Sociedade. O diálogo tem como objetivo pontuar a atuação do CFP em relação ao tema, bem como destacar aspectos centrais da avaliação psicológica e sua importância em diversos contextos sociais.

Para participar da atividade, foram convidadas as psicólogas Ana Paula Porto Noronha, da Comissão Consultiva em Avaliação Psicológica (CCAP) do Conselho Federal de Psicologia; Daniela Zanini, do Instituto Brasileiro de Avaliação Psicológica (IBAP); e Lucila Cardoso, da Associação Brasileira de Rorschach e Métodos Projetivos (ASBRo). O evento conta ainda com a mediação da presidente do CFP, Ana Sandra Fernandes Arcoverde Nóbrega.

A avaliação psicológica está presente em inúmeras situações do cotidiano, como no contexto do trânsito, do trabalho, no âmbito de concursos públicos, dos processos judiciais, do sistema penal, do sistema de segurança pública, entre outros, dialogando com interesses gerais da sociedade ligados à saúde e à proteção da vida.

A transmissão terá início às 10h30 e poderá ser acompanhada ao vivo pelas redes sociais do Conselho Federal de Psicologia.

Conheças as participantes:

Ana Paula Noronha
Psicóloga, mestre em Psicologia Escolar e doutora em Psicologia, Ciência e Profissão pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Docente do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Psicologia da Universidade São Francisco. Estágio pós-doutoral na Universidade do Minho. Bolsista Produtividade do CNPq.

Lucila Moraes Cardoso
Psicóloga com Mestrado e Doutorado em Psicologia (área de concentração Avaliação Psicológica) pela Universidade São Francisco. Atualmente é Professora Adjunta do curso de Psicologia e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Bolsista Produtividade do CNPq.

Daniela Zanini
Doutora em Psicologia Clínica e da Saúde pela Universidad de Barcelona e pós doutorado na mesma instituição (2008) e Universidade do Porto (2020). Professora da PUC Goiás na graduação e pós graduação (mestrado e doutorado). Atua como psicóloga clínica e da saúde com ênfase em avaliação psicológica e intervenções em saúde. Bolsista produtividade Cnpq.

ADI dos testes psicológicos
O Supremo Tribunal Federal (STF) inicia nesta semana o julgamento dos embargos de declaração protocolados pelo CFP em abril de 2021 referentes à Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 3481 – que culminou na liberação da comercialização de testes psicológicos a não profissionais da área.

O julgamento, iniciado em agosto do ano passado, havia sido suspenso após pedido de vista do ministro Dias Toffoli. Agora, a matéria consta na pauta do STF com previsão de análise entre os dias 20 e 27 deste mês.

Serviço:

Avaliação Psicológica em Defesa da Sociedade
Horário: 10h30
Acompanhe ao vivo pelas redes sociais do CFP
youtube.com/confederalpsicologia
facebook.com/conselhofederaldepsicologia
instagram.com/conselhofederaldepsicologia
twitter.com/cfp_psicologia

 

 

Com informações CFP

Redes Sociais

Ao continuar navegando, você concorda com as condições de Política de Privacidade. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de Privacidade.